Retrocesso fatal no poker online Australiano


11 de Agosto de 2017 por Luís Sousa
Comentários (0) Comentários



Retrocesso fatal no poker online Australiano

O último esforço australiano para regulamentar um mercado que há muito procura segurança caiu por terra, quando o Australian Senate passou a Interactive Gambling Amendment Bill 2016, nesta última quarta-feira.

A legislação tinha como objectivo inicial fechar as lacunas e buracos que permitiam apostas desportivas, mas como efeito secundário a lei tornará impossível a regulamentação do mercado.

O final de 2016 viu surgir esta iniciativa legislativa na terra do Aussie Millions, que tem sido duramente criticada pelo Senador David Leyonhjelm e, claro, pela Australian Online Poker Alliance (AOPA).

Desde então, a batalha tem visto actividade de todas as partes, com destaque para a audição de Joseph Del Luca, da AOPA, perante o Senado:

"A comunidade de poker australiano deve estar muito orgulhosa da forma como se têm comportado durante esta campanha. Unimo-nos como uma forte comunidade. Esta campanha recebeu tanto apoio de pessoas que querem salvar o nosso jogo que eles não têm tido mãos para todo o trabalho."

O grupo apresentou também um par de testemunhas-perito que apontaram o caminho da regulamentação como preferível à proibição. O Dr. Sally Gainsbury, professor universitário, chegou mesmo a ter que apontar que sem mercado legal, o vazio será preenchido pelo mercado negro.

"A proibição já foi tentada noutros sítios com resultados desastrosos, incluindo a criação de mercados negros, com milhões de dólares roubados aos jogadores por operadores ilegais, como a Lock Poker, sem que haja possibilidade de recurso às autoridades. Eu não acredito que seja do melhor interesse de qualquer partido sujeitar os jogadores de poker online australianos a uma realidade de mercado negro..."

O argumento do outro lado vêm principalmente de entidades religiosas - Salvation Army - que apresentam a facilidade de acesso ao jogo, via online, como um "céu para os viciados", com cartões de crédito, PayPal e a aparente facilidade em movimentar dinheiro online a serem elevados ao estatuto de "bicho-papão" da actualidade. Do interior do governo as reacções reconhecem que o poker online é um jogo diferente dos restantes "jogos de casino", é aceite que há uma mistura de skill e chance, mas esta última característica parece funcionar como um bloqueio autístico dos menos informados e a razão principal para a demonização do jogo.

A batalha pela regulamentação recebeu agora o seu mais duro golpe, com a implementação da nova lei a obrigar os cerca de 130.000 jogadores de poker online da Austrália a procurar soluções no estrangeiro ou outras menos recomendáveis.

Del Duca ainda tem esperança e continuará a campanha pela regulamentação.

"Embora seja infeliz que o governo não tenha esperado pelo inquérito do Senado sobre a nova lei, pedimos a todos os jogadores de poker australianos que não percam a esperança. O nosso jogo não está morto e continuaremos a lutar por um seguro e legar poker online aquando da produção do inquérito. Só desta forma se consegue garantir liberdade aos jogadores, rendimento ao governo e protecção para todos."

Retrocesso no processo de civilização na Austrália, com a nova lei a fechar "mercados cinzentos" e a abrir "mercados negros". Em 30 dias a PokerStars está fora do mercado, mas a companhia costa-riquenha Ignition Casino indica que irá permanecer...

Ao fazeres um Primeiro Depósito mínimo de €10 na PokerStars, tens direito a €20 Grátis, utilizando o Código de Bónus portugal20.




Bookmark and Share   Partilha esta notícia no Facebook, Twitter, MySpace...

Comentários (0) Comentários


Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador.
Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.

Nome

Email
Confirmar Email

Resolver o enigma: 8 + 7