Zagazaur Analisa Novo Sistema Vip da PokerStars

16 de Julho de 2017 às 09:36

No email enviado pela PokerStars era referida uma redução de cerca de 85% no novo sistema de rakeback, isto afeta tanto o jogador recreativo como o jogador profissional. 
 
Os jogadores recreativos irão ter menos dinheiro para jogar e tanto os bons regulares (regulares com um winrate elevado pré-rakeback) como os regulares fracos (regulares com um winrate reduzido pré-rakeback) vão ganhar menos dinheiro, quer seja em mesas quer seja em rakeback. 
 
A PokerStars está a aumentar o rake de todo o tipo de serviços que fornecem, logo, está à procura de aumentar diretamente os seus lucros. Este dado não é uma mera opinião, é um facto e é terrível para todas as partes envolvidas, menos para a PokerStars.
 
Agora, pensando relativamente à maneira como passaram a distribuir o rakeback... Para os que o desconhecem, com este sistema de distribuição de rakeback a PokerStars tem como objectivo adoptar algo já utilizado há bastante tempo no mundo dos e-sports, a compra de pacotes ou de cofres de onde saem os prémios aleatoriamente (similar a uma slot machine). Noutros jogos, temos a possibilidade de comprar um cofre, por exemplo, pela quantia de 5€ e de receber prémios num valor entre 0.1€ e 500€, sendo que o retorno médio do valor desses prémios pode ser menor que 5€.
 
Irei relacionar com a “stars reward” e a maneira antiga de distribuição de rakeback, o “stelar program”, assumindo que tinham as duas a mesma percentagem de retorno de rake ao jogador, comparando assim as duas, observando os pontos positivos e quem ganharia mais com esta nova maneira de distribuir os pontos:
 
  • Este modo, assumindo que tem um EV neutro, faz com que sejamos obrigados a gamblar. Para o jogador recreativo pode constituir um facto positivo: ele já ia gamblar o rakeback de qualquer maneira, por isso torna-se um pouco indiferente e é uma maneira de ele gamblar com um EV superior do que ao que iria ter numa mesa de poker (assumindo que o recreativo é perdedor). Tanto para um regular bom como para um regular fraco parece-me um ponto negativo, já que estão a obrigar-nos a ter de gamblar o nosso rakeback, algo que não iria acontecer com o sistema antigo.
 
  • Isto leva-me a outro ponto, o da variância. Parece-me um ponto positivo para o recreativo que, sem variância, iria acabar por perder esse dinheiro nas mesas. Desta forma, consegue assim ganhar algum com uma maior frequência. Pode fazer também com que ele jogue jogos mais caros do que o costume, no caso de acertar um dos prémios mais altos, que me parece um ponto bastante positivo. De um ponto de vista teórico, para um regular bom isto não é tão prejudicial pois o rakeback já não era uma parte tão grande do seu winrate e pode também apanhar alguns jogadores recreativos que não costumavam jogar os limites mais altos, no entanto, ao terem sorte com este novo sistema, aparecem por lá, fazendo com que o regular bom vá buscar uma grande parte deste rakeback de outra forma no caso de estar numa má run de cofres. No entanto, para um regular fraco que contava com o rakeback para pagar uma grande parte das suas contas, isto pode fazer com que o nível de stress aumente e se veja em situações complicadas com maior frequência, visto que a consistência de resultados poderia não ser muito frequente dado o baixo winrate, podendo isso afectar o jogo dele e diminuindo ainda mais o winrate desse jogador, consequentemente. Isto vai fazer com que o número de regulares fracos possa descer, visto que alguns profissionais podem não aguentar a variância e, no caso de não melhorarem o seu jogo ou procurarem outros jogos, acabem por desistir do poker como forma de sustento. Isto é positivo para o regular bom, que vê assim o ratio recreativo: regular melhorar a favor do recreativo aumentando assim o seu winrate. Não sei se isto se irá aplicar na prática em todos os jogos, sendo que os hypers e o spin’n’go’s os em que esta mudança se pudesse reflectir mais pois nesses jogos o rakeback é uma parte maior dos winrates dos jogadores.
 
  • Publicidade, deste modo qualquer jogador pode ganhar uns milhares com o rakeback, no modo antigo apenas os jogadores que jogassem muitas horas o iam conseguir. Se a PokerStars publicitar os jogadores que abrem os cofres mais elevados, parece-me um ponto positivo para todos os jogadores envolvidos, mais jogadores recreativos, maiores prémios e mais acção. Claro que irão sempre existir pessoas a abrir os cofres em stream ou em vídeos no youtube, isso acontece em todos os outros jogos e tem milhares de visualizações, mas o público que vai estar a assistir a este tipo de coisas não interessa muito ao jogador profissional, pois, por norma, é um público que não tem muito dinheiro para investir. 
 
Toda esta análise faz com que o cenário me pareça mau para o regular e, quanto maior for a % do teu winrate rakeback, pior será. No entanto, é uma maneira bastante boa de distribuir o rakeback para o recreativo e, pessoalmente, era a maneira como eu gostaria que fossem distribuídos se eu jogasse este jogo por lazer e se não fosse obrigado a pagar 85% do meu rakeback para a distribuição ser feita desta maneira. E é esse o grande problema, estamos a pagar cerca de 85% do que estávamos a receber agora e não há pontos positivos que cheguem para compensar o quão negativo isto é para todos.
 


Comentários (1) Comentários


16 de Julho de 2017 às 15:52
mjfp1976 Autor verificado disse
MELHOR JOGO A RASPADINHA... DE NL 2-3-5-10......

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador.
Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.

Nome

Email
Resolver o enigma: 3 + 1


 

Zagazaur - Filipe Oliveira

Zagazaur

Filipe Oliveira

Últimos posts

  • De momento não existem mais posts no Blog de Zagazaur.