Say What WSOP? As braceletes de Ivey e Negreanu

25 de Junho de 2014 às 16:05

Sempre que chegam as World Series of Poker, o mundo deste jogo entra num verdadeiro frenesim. É tempo de conhecer os novos campeões, de tirar as dúvidas sobre um jogador, de analisar quantos conseguem fazer a transição do jogo online para o jogo ao vivo e mais do que tudo, tempo de descobrir coisas novas e remexer na história do poker.
 
Como sabem, estou desde o dia 1 das WSOP com os Podcasts de Las Vegas que me permitem estar a par de tudo o que se passa no maior evento do ano tanto nas mesas, como fora delas. Numa das minhas incursões pelo Twitter deparei-me com uma estatística bem caricata partilhada por Mike Johnson do 2+2PokerCast:
 
 
Confesso que fiquei surpreendida. A realidade é que eu nunca assisti a uma cerimónia de bracelete de Negreanu nos anos recentes em que estive em Las Vegas, mas todo o hype criado em volta do KidPoker nas World Series of Poker, faz-me pensar que o seu historial recente é melhor do que realmente é. Daniel Negreanu é sem sombra de dúvidas a voz do mundo do poker actual. Porquê? Porque fala exactamente do que sabe, não discutindo temas onde claramente não tem argumentos ou uma base sólida. 
 
Se duvidam, atentem: costumam ver Negreanu discutir grandes questões do poker online? Softwares de estatística? Termos específicos do jogo online? Não. Aliás, nestas WSOP chegou mesmo a revelar-se confuso com algumas conversas que ouviu nas mesas vindas dos "miúdos do online".
 
Daniel fala do que sabe: do poker ao vivo, da análise das mãos dos jogadores, das regras dos torneios, das atitudes dos jogadores em prol do progresso do jogo. A par disso tudo, mantém-se actual, admite que precisou de fazer um esforço extra para acompanhar a evolução do jogo e tudo isto faz com que o seu carisma apele aos velhos jogadores mas também a uma nova geração que não tem como negar que o KidPoker continua a acumular resultados e a agitar o mundo do poker dizendo tudo o que pensa.
 
Ele sozinho, é uma máquina de marketing. Daniel Negreanu, o seu blog, o seu twitter, as suas produções, as suas entrevistas e tudo à sua volta, fazem-nos acreditar sempre, que Negreanu está em altas. Bem, mal certamente não está e os resultados do Team PokerStars Pro são claramente positivos em cada ano, como faz questão de meticulosamente provar com as suas estatísticas ao vivo. 
 
Voltando ao tema principal, este ano, um dos temas do momento foram as apostas que Ivey & Negreanu aceitaram em como ganhariam uma bracelete este ano. Muitos apostaram e muitos tremem quando vêm uma deep run de um destes dois jogadores nos torneios. Eu tremo e não apostei. Mas depois de ver este tweet, fiquei a pensar, Negreanu não tem sido assim tão pródigo nas WSOP nos anos recentes? Na realidade, nem Phil Ivey tem.
 
Falando deste último, O "Tiger Woods do Poker" acumula $5.966.042 nas World Series of poker sendo que em 2014 tem apenas um prémio no Evento #12 de Pot Limi Hold'em, onde o seu 22º lugar lhe valeu $5.030.
 
Ivey conta já com 53 itms e 9 braceletes, mas a sua última conquista foi na WSOP Asia num Mixed Event de $2.200 com apenas 81 jogadores. A sua última mesa final em Las Vegas foi no ano de 2012. Bem na realidade foram 5 mesas finais (um ano incrível) na 43ª Edição das WSOP sendo que o seu melhor resultado foi um 2º lugar no Evento #17 de Pot Limit Hold'em onde perdeu o heads up para Andy Frankenberger. A sua última bracelete conquistada em Las Vegas foi no ano de 2010, onde o título do Evento #37 $3.000 HORSE ficou para Ivey. 
 
Muito dinheiro ganho, mas já lá vão 4 anos sem uma vitória em Vegas. 
 
Voltemos agora ao nosso Kid Poker. Diz o seu curriculum que até ao momento já conta com 77 prémios e um total de 6 braceletes. Este ano conta já com um 2º lugar no evento #13 de No Limit 2-7 Draw Lowball e oito itms.
 
A última jóia conquistada foi em 2013 nas World Series of Poker Europe onde venceu o HighRoller de €25.600. A quinta bracelete foi conquistada no Evento #5 da WSOP Asia (*foto cortesia wsop.com) para mais de um milhão de dólares de prémio.
 
É preciso ir à bracelete número quatro para regressar a Las Vegas e à única conquistada no RIo All Suit Casino, na Amazon Room. Em 2008, Daniel Negreanu conquistou o Evento #20 $2.000 Limit Hold'em que lhe valeu o seu primeiro e único troféu na Amazon Room até ao momento.
 
Quem fala de 3, fala das outras 3 e por isso vamos recordar as primeiras 3 braceletes de Daniel Negreanu.
 
O seu primeiro resultado nas WSOP foi em 1998 e foi logo com a conquista do Evento #9 $2.000 Pot Limit Hold'em. O torneio que se realizou no Binion's Horseshoe contou com 229 participantes e a vitória valeu um prémio de $194.460. Só para situar, neste mesmo ano, nomes como Doyle Brunson, T.J.Cloutier, David Chiu e Erik Seidel, também ganharam braceletes.
 
Cinco anos depois e já em 2003, Negreanu jogou 3 mesas finais e na do Evento #23 $2.000 Limit S.H.O.E, sagrou-se campeão com um prémio de $100.440, batendo outros 134 adversários. Mais uma vez, como companheiros de jóia desta edição temos nomes como Doyle Brunson, Chris Ferguson (2x), Phil Helmuth, Huck Seed ou Carlos Mortensen!
 
A terceira bracelete conquistada em Las Vegas foi no último ano das WSOP no Binion's Horseshoe, 2004, sendo que o jogador Canadiano conquistou mais de meio milhão de dólares no Evento #15 $2.000 Limit Hold'em que contou com um total de 287 jogadores.
 
Em 2005, a WSOP passou para o Rio All Suit Casino sendo que apenas os dois dias finais do Main Event visitaram o Binion's. De 2005 até hoje, Daniel Negreanu conquistou mais 3 braceletes, mas apenas uma destas foi em Las Vegas.
 
Olhando para estes números, a aposta não me parece nada assustadora...não sei bem é porque passo os dias a procurar o nome de Ivey e Negreanu nas listagens, nem porque é que sentimos o friozinho na barriga quando eles chegam à recta final de um torneio.
 
Xika
 
 
 


Comentários (2) Comentários


25 de Junho de 2014 às 23:49
nunoricardovaz Autor verificado disse
Muito bom, Xika!

27 de Junho de 2014 às 00:06
Keiras Autor verificado disse
Aquilo que se sente quando este tipo de jogadores chega À fase final dos torneios, não é porque eles vão ter melhores mãos que os ouros jogadores, nem é garantido que vão ganhar todas as mãos só por serem quem são...

Mas porque este tipo de jogadores, vão simplesmente apoderar te da tua mente e levar te a cometer erros atrás de erros, com muitas fichas então é o pânico...

Os comentários efectuados por utilizadores não registados terão de ser aprovados por um moderador.
Pode fazer Login ou, se ainda não é membro, Registar-se de forma a poder comentar sem moderação.

Nome

Email
Resolver o enigma: 4 + 7


 

Xika - Vanda Silva

Xika

Vanda Silva

Vanda Silva, é a responsável por vos trazer todas as actualizações e novidades dos torneios ao vivo através das suas vídeo-reportagens, em Portugal e no estrangeiro

Jovem de 24 anos, adepta e impulsionadora do poker português, envolveu-se inicialmente no mundo do jogo como dealer. Hoje, para além das responsabilidades como repórter, é também organizadora e presença garantida em qualquer evento ao vivo.

Neste Blog, vão poder conhecer de perto as suas aventuras nos torneios ao vivo!


Últimos posts